Gostou do artigo? Compartilhe!

Smartphones - Uso excessivo por causar inflamações

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Mandar mensagens e acessar a internet ficou muito mais fácil e rápido com os smartphones. Por conta disso, o uso destes aparelhos que mais parecem computadores virou febre. Uma pesquisa recente mostrou que o Brasil já atingiu a marca de 70 milhões de smartphones e é o quarto país com maior número de celulares inteligentes no mundo, perdendo apenas para China, Estados Unidos e Japão.
Um outro estudo mostrou que o brasileiro lidera as estatísticas de tempo de uso de smartphones. Enquanto a média mundial está na casa dos 74 minutos, o brasileiro passa 84 minutos por dia utilizando o aparelho.
No entanto, o uso excessivo desta tecnologia tem levado cada vez mais pessoas aos consultórios médicos. Dores nos dedos, sobretudo no polegar, (o mais exigido na digitação) são uma queixa frequente entre esses pacientes.
O ortopedista Marco Makoto, do Instituto de Videoartroscopia, Ortopedia e Traumatologia (IVOT), de Londrina, faz o alerta. “O uso prolongado dos smartphones podem causar dores e inflamações nas articulações dos dedos, principalmente no polegar, que junto com o indicador são os responsáveis pela preensão de objetos com a mão”.
Uma pesquisa recente no Canadá, com 140 universitários, apontou que 84% tiveram algum sintoma de dor, sendo a maior parte delas no polegar. A pesquisa também confirmou que aparelhos com acesso à internet, como são os casos dos smartphones, aumenta em 2,21 vezes a probabilidade de desenvolver dores no polegar em relação aos aparelhos mais simples.

Postura
O médico orienta que é preciso atentar-se também à postura durante o uso destas tecnologias. Segundo ele, o mau posicionamento da cabeça pode levar à fadiga de alguns músculos responsáveis pela posição adequada dos membros, sobrecarregando também os discos da coluna cervical, causando torcicolos e dores musculares.
“Como eles são portáteis, as pessoas acabam não se preocupando em achar uma posição confortável, e em alguns casos podem provocar problemas na coluna cervical e nos ombros, devido a tensão excessiva e a má postura”, explica o ortopedista.
Aliviar as dores e prevenir qualquer tipo de problema é tão simples quanto usar o smartphone. “Em primeiro lugar, é importante dosar o uso desses aparelhos, evite digitar com a mesma mão que segura o celular e sempre que for utilizá-lo, faça alongamentos antes e depois”, orienta Makoto.
O médico aconselha que as dores causadas pelo uso dos smartphones tendem a melhorar com o uso de bolsa de gelo, mas que é importante procurar o ortopedista em caso de dores persistentes, pois podem ser sinais de tendinites e outras inflamações.

MAIS DICAS PARA NÃO TER PROBLEMA COM O USO DE SEU SMARTPHONE
- Evite o uso de aparelhos portáteis para produção de textos longos;
- Fortaleça os músculos com atividades físicas de estabilização do tronco, sempre sob a orientação de um profissional adequado;
- Evite ficar mais de 30 minutos na mesma posição;
- Ao manusear o equipamento, distribua a carga entre as duas mãos.

Autor

Dr Marco Makoto Inagaki

Dr Marco Makoto Inagaki

Ortopedista e Traumatologista, Ortopedista

Especialização em Ortopedia e Traumatologia no(a) Hospital das Clinicas - USP.