Publicado por Folha de Londrina
Gostou do artigo? Compartilhe!

O calçado ideal: como escolher?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo


O uso do calçado adequa-
do pode ser determinante
para o bem-estar dos pés
durante o dia. Esta é a opin-
ião do ortopedista especial-
ista em pés Marco Makoto.
O calçado errado pode so-
brecarregar a musculatura e
a estrutura dos pés. O sapa-
to precisa ser confortável e
ter salto do tamanho ade-
quado. Saltos muito altos –
acima dos oito centímetros -
“alteram toda a mecânica do
corpo e podem ocasionar
dor na região anterior do pé
e joanete, além de proble-
mas de circulação e varizes”,
explica Makoto. Calçados de
ponta fina, que apertam
muito a região anterior do pé,
também não são indicados.
O salto ideal é aquele
abaixo dos seis centímetros,
afirma o ortopedista. Entre
3,5 cm e 4 cm, é até indica-
do para melhorar a circula-
ção. O melhor calçado é
aquele que fica confortável
no pé. Mesmo que seja do
tamanho usual, o ortopedis-
ta recomenda sempre pro-
var o sapato, pois o formato
pode variar de acordo com
o modelo. Também é pre-
ciso sempre provar os dois
sapatos, pois é comum hav-
er diferenças de tamanho e
formato entre um pé e outro.

O uso do calçado adequado pode ser determinante para o bem-estar dos pés durante o dia. Esta é a opinião do ortopedista especialista em pés Marco Makoto. O calçado errado pode sobrecarregar a musculatura e a estrutura dos pés. O sapato precisa ser confortável e ter salto do tamanho adequado. Saltos muito altos – acima dos oito centímetros -“alteram toda a mecânica do corpo e podem ocasionardor na região anterior do pé e joanete, além de problemas de circulação e varizes”, explica Makoto. Calçados de ponta fina, que apertam muito a região anterior do pé também não são indicados.

O salto ideal é aquele abaixo dos seis centímetros, afirma o ortopedista. Entre 3,5 cm e 4 cm, é até indicado para melhorar a circulação. O melhor calçado é aquele que fica confortável no pé. Mesmo que seja do tamanho usual, o ortopedista recomenda sempre provar o sapato, pois o formato pode variar de acordo com o modelo. Também é preciso sempre provar os dois sapatos, pois é comum haver diferenças de tamanho e formato entre um pé e outro.

Autor

Dr Marco Makoto Inagaki

Dr Marco Makoto Inagaki

Ortopedista e Traumatologista, Ortopedista

Especialização em Ortopedia e Traumatologia no(a) Hospital das Clinicas - USP.